25/08/2013

E eu te amo...

E mesmo que doa até meu respirar, eu não tenho mais o que falar.
Eu não quero te ver sangrar, eu não posso mais acreditar.
Eu não sei mais como andar, sem tuas mãos pra me guiar.
Mas devo aprender desde já, a dizer adeus pro teu olhar.
Me recuso a confirmar, meus motivos de nos matar.
Apenas devo lembrar, as coisas boas que vivi no teu abraçar.
Eu sei que agora vou tombar, mas é inevitável pro seu bem-estar.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Book e Cofee Copyright 2014 ©
Designe By
- Kris Monneska Conversas de Alcova