06/09/2013

À Maria e Esmeralda.

''Sorrisos são como portas que se abrem e mostram um dia lindo.
Ela é meu dia lindo que nasce a cada sorriso. Ela é aquela pequena parte de mim que sem eu não existo, eu não funciono...''


A tia lia aquilo com a pequena boneca de porcelana que respirava em seu colo. A pequena sabia e sentia que sua mãe lhe amava com todas as suas forças, e que sua falta era clara. Mesmo pequena, era carregada de sabedoria, e era isso que a tornava especial.
Os dias passavam e ela queria logo ficar junto da mãe, queria estar com a mãe, via sua mãe sofrer e nada podia fazer para ajudar. Nada além de esperar. Ela olhava sua mãe com a face banhada de lágrimas pensando nela, e ela sussurrava:
- mamãe eu estou aqui, você só não pode me ver, mas pode me sentir. Mamãe, eu estou aqui, eu amo você, mamãe.
Sua mãe sentia aquela paz que só os sonhos com ela eram capaz de trazer. Sabia que de alguma forma ela estava ali. E ia muito além de sonhos loucos, malucos. Ela era de alguma forma real.

Dias daquele jeito, saudades de ambas as partes, sua mãe agora vagava como quem não tem mais forças para andar, falar ou viver. Passou a mão por cima do aparelho de som e ligou... Um volume baixo tocava uma música triste de fundo, seus olhos marejaram e ela fechou os olhos, as lágrimas caíram...

''E o que separa o frio do calor, É a emoção de saber que vou, Poder te reencontrar um dia. Eternamente te encontrar, Eternamente encontrar você''

Quando sua mãe abriu os olhos, estava deitada numa relva, com muitas flores e ela estava sentada em sua frente com o maior dos sorrisos no rosto. Seu cabelo preto voava desfazendo sua franja. Ela estava agora feliz. Estavam juntas em fim.
E ambas sorriram.
SORRISOS QUE ABRIRAM PORTAS PARA O TÃO ESPERADO AMANHECER DE FELICIDADE.



2 comentários:

  1. Gostei bastante do texto. É lindo.
    Não posso dizer que posso imaginar os sentimentos delas porque simplesmente nunca tive um relacionamento bom com a minha mãe, mas está muito bem escrito.
    Beeijos. :*

    bookaddictedblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Obrigada!
    É notável que o que reina no texto é esse amor puro de mãe e filha, algo fácil ou difícil de aceita, isso depende de como é visto esse amor na própria pele.

    Beijos e obrigada :*

    ResponderExcluir

 
Book e Cofee Copyright 2014 ©
Designe By
- Kris Monneska Conversas de Alcova