22/09/2013

Menina

Você me ouvia mas eu nem sabia o que dizia...
Você me olhava confuso e eu gritava sufocada tentando falar algo que nem mesmo parecia fazer sentido pra mim...

Mas na verdade eu queria apenas que você desse atenção para coisas pequenas, para detalhes que poderia ser tolo para você, mas para mim não.
Eu apenas queria alguém com quem eu pudesse contar, pudesse desabafar, queria um melhor amigo.
Mesmo depois de choro, de grito, de coisas presas na garganta eu simplesmente te abracei e me rendi. Me rendi pois te amo
Acabei adormecendo nos teus braços e sentindo aquela dor chata ir embora... Eu posso ser boba, tola, uma garota de 22, que as vezes parece 35 e as vezes 12, mas queria que entrasse na sua cabeça uma coisa: Sou sua menina, sou sua mulher.


1 comentários:

 
Book e Cofee Copyright 2014 ©
Designe By
- Kris Monneska Conversas de Alcova