01/09/2013

Sábados...

Alice dançava com seu vestido azul de flores minúsculas, ao som do jazz e com copo de whisky na mão. Tirou os saltos azul marinho, e seguiu para casa pela longa rua Himmel. Meio da madrugada e os barzinhos repleto de jovens e ela era apenas mais uma. Despertava olhares que deveriam ser de zombaria, mas seu olhar cativante e seu sorriso de menina fazia com que todos a achassem perfeita. Alice entrou em seu prédio, valsou com seu porteiro ao som de alguma música clássica que tocava no rádio companheiro de madrugada, lhe entregou o copo e subiu as escadas para o terceiro andar, cantarolando Tom Jobim . Abriu a porta, viu sua gata preta deitada em sua almofada bordada favorita. Alice sorriu, foi para frente de seu enorme espelho que ficava ao lado da porta: cabelo louros bagunçados, rímel borrado e batom, que era vermelho, agora bem clarinho, sorriu mais e exclamou ‘É dessas alegrias diferentes que eu não abro mão’

0 comentários:

Postar um comentário

 
Book e Cofee Copyright 2014 ©
Designe By
- Kris Monneska Conversas de Alcova