20/10/2013

Quatro luas

Olhando para trás, para o inicio de tudo, vejo que não estava em nossos planos fazer parte um da vida do outro como fazemos.
Já passamos por certas coisas que não é muito comum pra você, tampouco pra mim. Acostumar com cada defeito, aprender amar ainda mais a qualidade, ver coisas que só demonstramos sutilmente um ao outro, faz toda a diferença.
Hoje vemos o quanto um está acostumado com a mania do outro, com o jeito de falar e agir. Mas há coisas que não passa despercebido a ponto de ter que gerar discussão.

Amor, a vida não é um paraíso como nos filmes, a vida simplesmente prega peças que não faz sentindo nenhum tentar entender o motivo. Uma vez entendido, perde a graça de viver. Aproveito cada segundo do teu lado, pra admirar teu jeito, teus movimentos, tuas manias, teus abraços, teus sorrisos, tudo o que diz respeito a você. Falar que admiro a pessoa que tenho comigo é pouco para descrever você. Tenho muito orgulho de sua determinação, de suas conquistar e gosto de suas história. Eu amo você, e acho que não mudaria nada no teu jeito, pois é esse jeito oposto e parecido com o meu, que equilibra a gente.
Parafraseando você... 'que venham mais 4 meses, 4 anos, 4 décadas ou quem sabe, 4 séculos'




3 comentários:

 
Book e Cofee Copyright 2014 ©
Designe By
- Kris Monneska Conversas de Alcova