21/10/2013

Que amor é esse, João?

Aquele jeito de me olhar...
Aquele jeito de me aconselhar...
Aquele jeito de conversar...

Ah, meu pequeno, não erro em momento algum quando falo que és um pequeno príncipe. Tu me impressiona quando faz com que eu seja como tua filha, como tua formiguinha como tu mesmo se refere a mim. És um pequeno que irradia luz, paz, sabedoria e amor para todos aqueles que te cercam. Tua voz soa como canção em cada palavra dita por esse imenso coração. Sinto-me sortuda e especial por ter você em minha vida, como meu anjo protetor, como meu filho, como meu amigo, como meu avô, como um pedaço de mim. És aquela parte do meu coração que bate fora do peito, és meu amor de outras vidas para toda a eternidade.

1 comentários:

 
Book e Cofee Copyright 2014 ©
Designe By
- Kris Monneska Conversas de Alcova