26/11/2013

Pausa Para Um Café: Maria Izabel




A entrevistada dessa vez no Pausa Para Um Café é a Maria Izabel, ela além de escritora é professora universitária e pesquisadora de pós-doutorado e ainda mãe coruja, como ela mesma fala. Escreveu o livro Rico E Joana e está conquistando cada vez mais os leitores. Ela conseguiu, em meio a tanta correira, parar um pouco e falar um pouco sobre a carreira e a vida, confiram!





-x-


Alice - Quando começou a escrever o livro?
      Maria Izabel - Bem, esse livro possui uma história longa de muitas “idas e vindas” (risos). Eu sou paraibana, onde realizei minha graduação profissional. No ano de 2000, fui morar em Fortaleza-Ce (para seguir com uma especialização), uma cidade onde não tinha parente algum, apenas alguns colegas conterrâneos que estavam lá pelo mesmo propósito que o meu. Neste mesmo ano, também conheci o meu atual esposo.
Após concluir a especialização, ingressei em um mestrado e, mesmo acostumada (desde sempre) a uma rotina compenetrada em meus estudos, comecei a sentir minha vida um pouco “pesada”. Ainda que eu tivesse o apoio incondicional de meu namorado (à época), eu estava longe de meus familiares queridos, com pouquíssimos amigos e vivenciando apenas aquela rotina de trabalho e estudo árduo. Então, eu senti que precisava de uma boa “válvula de escape” e sabia que eu poderia encontrá-la escrevendo, o que eu não fazia desde a adolescência. Sempre gostei de ler, mas escrever me proporciona um prazer ainda mais absoluto. Assim, eu decidi que iria escrever um livro e comecei a fazê-lo em meados de 2001. Decidi pela premissa da obra justamente como uma forma de me divertir ainda mais enquanto estivesse escrevendo, além de trazer a “leveza” da trama para dentro de meu cotidiano.
Porém, como era de se esperar, eu não dispunha de tempo para me dedicar a esse projeto tão prazeroso para mim. Mesmo assim,  embora chegasse a passar longos meses sem escrever nada, a história de meu livro estava sempre presente em meu pensamento, sobretudo, como forma de relaxar e me divertir criando o roteiro e os personagens inusitados, ainda que pouco parasse para escrevê-la. E assim, fui conciliando a escrita do livro com os estudos e o trabalho. Quando eu sentava para escrever, a escrita fluía com muita naturalidade e rapidez, porém, como eram raros esses momentos, só consegui concluir a última revisão da obra quando já estava perto de terminar o doutorado, no final de 2008 - nossa como demorou! (risos).

Alice - A batalha foi longa até encontrar a editora?
Maria Izabel - Posso dizer que não chegou nem perto da luta que travei com minhas atividades paralelas para concluir a obra (risos). Bem, no quesito tempo, foi demorado até publicar o livro após tê-lo finalizado, mas no sentido dos esforços, felizmente, não foi uma batalha árdua, apesar das condições adversas do mercado literário nacional, sobretudo aos escritores iniciantes. A demora ocorreu porque, mais uma vez, eu não dispunha de tempo (ou de concentração) para “batalhar” pela publicação, mas posso dizer que tive sorte quando comecei a tentá-la em um segundo momento.
Em outras palavras, quando finalizei as revisões da obra (e fiz muitas, pois, como a maioria dos escritores, sempre achava que tinha algo a melhorar e até hoje ainda a reviso), eu enviei os originais impressos para duas editoras, uma delas  não me respondeu e a outra rejeitou a proposta. Depois disso, deixei a obra guardada e assim ela permaneceu durante um bom tempo. Quando retornei a batalhar pela publicação, no ano de 2011, felizmente, recebi um convite da Editora ISIS e no final deste mesmo ano fechamos o contrato para a publicação.

Alice - Como foi receber a proposta da editora?
Maria Izabel - Nossa! Foi uma alegria sem tamanho (risos). Foi maravilhoso! Todos os contatos que fazia com o meu estimado Editor, fossem eles virtuais ou por telefone, eram realizados com meu coração em um descompasso tremendo (risos). E quando o contrato, finalmente, chegou à minha casa para que eu o assinasse... ufa!... Mais emoção ainda!!!

Alice - Qual sensação quando o segurou nas mãos pela primeira vez?
Maria Izabel - Foi magnífica! Eu o olhava como a um filho (risos), o achando lindo, enquanto rememorava toda a longa jornada vivida até ali. Era a concretização de um sonho, o fruto de muito, mas muito trabalho! E as emoções não pararam por aí (risos), pois o meu primeiro lançamento foi na Bienal de São Paulo, o que era um dos meus sonhos e aconteceu de uma forma muito natural, coincidindo exatamente com o ano em que finalizamos o processo editorial (2012). Foi sensacional! O segundo lançamento também foi emocionante, na cidade onde vivo até hoje, Fortaleza-Ce, e o fiz ao lado de meu filho, esposo, familiares e amigos queridos!  

Alice - Como é ver os depoimentos dos leitores de Rico e Joana?
Maria Izabel - É maravilhoso e, sobretudo, gratificante! Além de me proporcionar prazer enquanto os confecciono, os textos que escrevo possuem um destino final: os leitores (e penso que seja assim com a maioria dos escritores). Sendo assim, ver os depoimentos de satisfação dos leitores de minha obra, para mim, funciona como um grande bálsamo na alma!

Alice - Quando será lançado o segundo livro da série?
Maria Izabel - Mais uma vez, estou sendo vítima de falta de tempo, devido à minha vida paralela à de escritora (risos). O segundo livro já está sendo escrito, embora com uma velocidade menor do que eu, o editor e meus queridos leitores, fãs da série, gostariam (risos). Em contrapartida ao pouco tempo que disponho para escrever (mas, felizmente, maior do que o que tinha quando escrevi o primeiro volume), o processo de escrita agora está mais facilitado, devido ao amadurecimento natural pelo qual todos os escritores passam ao longo do tempo. 
Sendo assim, não se preocupem leitores queridos, pois não levarei anos para lançar o segundo livro da dupla (risos). Estimo que o lançamento deverá acontecer entre o final de 2014 e início de 2015.  Posso adiantar que a segunda trama da série virá bem mais elaborada, e ainda mais recheada de ação, emoção, diversão e romance (risos).   

Alice - Como é conciliar o tempo de escritora, mãe e professora?
Maria Izabel - E ainda sou pesquisadora de pós-doutorado e escrevo muitos artigos científicos (risos). Mas confesso que não é fácil mesmo, sobretudo, porque dou prioridade (a maior parte de meu dia) ao meu papel de mãe, exatamente o que mais exige de mim (risos). Mesmo assim, estou em um momento favorável em minha vida, que me permite conciliar bem as minhas atividades (ainda que varando algumas madrugadas) (risos), claro que continuo contando com o apoio incondicional de meu esposo.

Alice - O que é escrever pra você?
Maria Izabel - Sou  uma pessoa de “poucos  lazeres” e posso dizer que escrever para mim é a atividade que mais me proporciona prazer em minha vida (além de estar ao lado de meu filho e de familiares). Na maioria das vezes, eu realmente prefiro escrever (e ler) a realizar muitas outras atividades de lazer costumeiras para tantas pessoas.

Alice - Qual a maior alegria que você teve, como escritora?
Maria Izabel - Sem dúvida, foi ver meu primeiro livro publicado!

Alice - Quem é a Maria Izabel longe desse universo literário?
Maria Izabel - Uma mulher muito fácil de conviver e de me relacionar com pessoas, principalmente por que sou simpática (risos), muito simples, com um senso aguçado de justiça e procuro ser compreensiva com todos com quem interajo. Adoro animais e respeito todas as formas de vida. Gosto de cinema, de aprender com meus alunos e de realizar minhas pesquisas científicas. Amo viajar, sair para comer uma boa massa (risos) e estar entre família.

Sou uma irmã, tia e esposa atenciosa e uma mãe suuuper coruja e muuito presente na vida de meu filho, o nosso maior presente de Deus. Falando Nele, agradeço a Deus, a todo instante, principalmente, por tudo que ele me dá que o dinheiro não pode comprar! Sou perfeccionista ao extremo e, mesmo me relacionando bem com pessoas, sou um tanto reservada, mas confesso que essas características não me agradam muito (risos).  


1 comentários:

  1. Adorei ser entrevistada por você, minha querida! Obrigada pelo carinho! Parabéns mais uma vez pelos seus projetos, sempre tão maravilhosos! Beijos!

    ResponderExcluir

 
Book e Cofee Copyright 2014 ©
Designe By
- Kris Monneska Conversas de Alcova