15/12/2013

Eternamente te amar

Daqui a um ano, três anos, dez anos, cem anos... Eu te puxarei pelo braços, afastarei com os pés os brinquedos de nossos filhos que estarão espalhados pelo chão, você vai rir por eu tropeçar em alguma coisa e fazer bico depois de reclamar, você vai me olhar apaixonado quando me ver igual uma menina boba batendo palma enquanto você começa a ler esse texto:

Branquinho, eu nunca vou esquecer nossa história, nossos dias, nossos momentos felizes, você vem sendo minha escolha mais perfeita, meu refúgio, minha luta, minha âncora que me prende ao chão. Cresci, conheci e vivi coisas com você que em nenhuma outra fase da minha vida eu viveria. Você foi, é e sempre será minha plenitude, por você eu fui e vou mais longe, por você eu desistiria de tudo, eu recriaria tudo, eu seria uma outra eu mais você para que nós pudéssemos ser um nós único e raro.
Você é minha fortaleza, meu motivo de ir longe, com você eu deslancho, eu cresço, eu danço, e canto, eu vivo e isso tudo por você. Para sermos nós eu arriscaria mil vezes se fosse o caso, só pra ter seu abraço apertado nos dias à frente.
Eu tenho a pessoa que mais me dar razões para orgulho, eu fico boba quando o assunto é você, eu me perco e eu me prendo, até teu nome me soa acolhedor e protetor.
E eu não tenho medo nenhum, receio ou dúvida de falar, meu amor é a pessoa mais maravilhosa que existe na face da terra. Te amo.

Vou ver você terminar de ler tudo, passar a mão no meu rosto e falar UAU.
Não preciso de seus elogios para qualquer coisa que escrevo, pelo falo que você faz por mim mil coisas mais que apenas me proferir palavras bonita, e é por isso que eu te amo tanto.

1 comentários:

 
Book e Cofee Copyright 2014 ©
Designe By
- Kris Monneska Conversas de Alcova