26/01/2014

Ah, o amor!

Até num rabisco infantil fica tão claro e tão sensível o amor num tom sereno, calmo e terno.
Nada supera a cor do amor, mas qual cor do amor? Ah, eu não sei. Mas sei que é um tom calmo, manso e profundo, que mexe lá no fundo, no fundo do coração e da alma. É mais ou menos assim o amor. O amor, meu bem!


0 comentários:

Postar um comentário

 
Book e Cofee Copyright 2014 ©
Designe By
- Kris Monneska Conversas de Alcova