29/01/2014

Amoramigo

E sobre alguma dúvida, eu quero mais é que o vento leve pra bem longe da gente.
Num belo dia, um certo alguém pediu que eu escrevesse sobre amores que fossem de fato meus, e eu parei, respirei e pensei... Sobre amor ou amar, escreverei apenas quando tiver convicção de que resta em meu peito lugar pra isso.
Passei horas, dias, escrevi sobre amor e desamor, e muito sobre a dor. Mas hoje, o que minha garganta trancava destrancou, e a leveza que faltava enfim chegou.
Não é só de amor, desses de cinema ou livro de romance, é sobre aquele amor de companheirismo que estou fando aqui, e é amor que cuida, que protege e que ama.
E desse amoramigo aprendi uma coisa: Eu sei o que eu quero e sei o que eu sou, e isso pra mim basta!

Porque quando ele me abraça é assim que eu fico

0 comentários:

Postar um comentário

 
Book e Cofee Copyright 2014 ©
Designe By
- Kris Monneska Conversas de Alcova