30/05/2014

Névoa

Eu quero a cerveja mais gelada, pra doer na testa, como eu falava com quatorze anos. Quero o vestido mais meu que houver no armário, quero minha maquiagem já borrada, quero ser o ponto final do início da rua.
Quero ouvir aquelas músicas de bêbados sofredores...
Hoje eu quero a Sexta-Feira de 2011, por favor, garçom!
Depois quero chegar em casa, jogar os sapatos de lado e cair deitada no tapete da sala, quero ver o teto girar, quero esquecer sobre as palavras, quero fechar os olhos e imaginar minha vida perfeita. Quero reclamar por não estar bêbada o suficiente pra dormir, e sim, consciente e sã de toda e qualquer reação.
Quero levantar, tomar um banho gelado, me olhar d ecara limpa no espelho e ir fazer um café forte, quero ficar com minha caneca sentada na cama assistindo alguma comédia romântica e depois dormir feliz!



29/05/2014

Perguntas

Eu só quero saber sobre meus medos de acertar as coisas em mim, temo cair de onde já cheguei, mas a questão é: Onde cheguei?
Fiz certo, errado, escolhi perfumes certos, ruas certas? Não sei.
Carrego no pescoço a única certeza que tenho, que também é a esperança dum sorriso melhor... Mas quando?
Tenho medo, estou com medo, estou perdida.

Manhã

Eu só queria ficar bem...
Que o dia finda-se bem.
Que meu café não esfriasse.
Que minha flor não murchasse.
Que meu telefone não descarregasse.
Que as letras não me deixasse.
Que meu amor não dormisse sem mim.


Queria ver o sol nascer com a cerração subindo junto a minha fumaça...

Dia

Ainda não estou bem, a comida simplesmente não desce. Algo tapa minha garganta e eu choro, me acabo no desato do laço.
O dia amanheceu assim, sei lá como, mas assim de jeito que melhorou.
Eu sorri, eu gritei e eu sonhei, mas ao cair da noite a dor voltou, tudo escureceu e eu desmoronei... Até quando isso?

28/05/2014

Só pra contar

Ei, amor... Tô com uma saudade doida de você...
Aquela que chega a doer a alma.

Colecionador de lágrimas

Pega aquela garrafinha que você guarda tão bem, pois é. Você nela irá guardar mais um tanto das lágrimas que me tomam.
Estou cansada, rouca de tanto não falar, tampouco gritar, tenho sono mas não sei como dormir, tenho sede mas não si do que.
É escuro em meus sonhos, é constante essa sombra, são assombros do passado, são razões de tua gargalhada. Por tanto, pega tua garrafa, e coleciona mais uma vez minhas lágrimas.


TPM Capirotizada

Aqueles dias que você está triste, deprimida e querendo morrer/sumir, chora mais de duas horas seguidas e pronto, lava a alma (por dois minutos, depois volta tudo outra vez)


Chove pra caramba desde Domingo e valha-me Deus, como é ruim sair pra trabalhar em dias de chuva, e olha que amo chuva.

Mas quando você está de TPM a coisa muda, 'mermão'. Você sai de casa triste por ter levantado da cama e querendo engolir um por ter que levantar da cama, as vezes parece que você vai pegar o primeiro que achar pela frente e fritar pra comer no café da manhã. Mas isso ainda é crime (ainda) e ninguém pode matar ninguém, pois isso impediria de subir ao reino dos céus (quantos céus existem?) e ninguém quer isso. Certo? Certo!


Mas vejamos o lado positivo das coisas esses dias pra mim:



✓ Meu cabelo estava em harmonia comigo

✓ Não senti nenhuma dor forte
✓ Consegui terminar de ler o livro Cidades De Papel
✓ Me alimentei certinho
 Não atropelei nenhum serviço



Lado negativo:



HOJE AINDA É QUARTA, CARACOL.







Ainda se perguntando o porque do cabelo? Bom, se você é mulher, você sabe BEM que numa TPM um cabelo ferrado piora qualquer situação, então você entendeu.

Resumindo, não sei porque djabo fiz esse post, já que ele não tem nada a ver com a proposta do bRog, mas mas mas maaaas. deixa pra lá.




E como o texto é um tremendo
'nada a ver' vai ai a foto de uma
modelo que achei nazinternet.


26/05/2014

Meu melhor amigo

Me faz te olhar com calma, esse teu sorriso bobo de menino que me ama.
Esse teu carinho, teu charme de mexer no óculos e fechar os olhos, me fazem te admirar cada instante em cada movimento teu.
Tuas palavras calmas, tua risada doce, teu cheiro marcante e teu abraço provocante, fazem uma mistura tão boa que me deixam assim, venerando-te por horas.
Em meio a tanta coisa que me acontece, me rodeia e me entristecem, teu carinho me torna forte, tua amizade me torna viva.
Essa coragem e essa força que vem de ti me animam e é bem por isso que eu acordo as 5:30h da manhã com riso no rosto pra te falar bom dia. É por tudo que você me fez sorrir, é por todos os dias que você me fez amar.
Tenho em ti meu melhor amigo e meu namorado, tenho em ti minha esperança e alegria, e quantos aos dias... Eles tem mais tom desde que você chegou.




A história rosa do riacho

O riacho que de rosa não tinha era nada, mas era rosa pra Sofia.
Ó, doce Sofia que de lápis cor-de-rosa criava se ar. Ó menina de laço largo no cabelo e sorriso de fazer delirar.
Tens em mim o céu, metade do andar. Tens em mim ar, ar pra tu respirar.
Trás cor e sabor, põe em mim o que me adoça e não o que enoja. 
Sou de fins, meios e inícios, sou o oposto do teu valsar calmo e cretino.
O raiar é incerto no acinzentado céu de Junho, e eu sou certo da beleza do teu sonhar.
Tens em mim, o fim do teu começo, amor meu de grande razão.

Di-Dia

Ei, sol... Reza lenda que sou uma estrela, e que posso brilha.
Será? E se eu for a lua, com suas fases belas e certas?
Não, nem cogito... Eu sou é estrela. Mas como brilhar?
Como te perguntar? É céu, nem sei donde vim nem pr'onde vou!

Pó de ser?

Eu esperei respostas de perguntas que eu nem fiz, esperei em estação errada um trem que nem saiu de seu destino. Eu chorei por antecipação, eu rasguei poemas mal escritos, eu assisti documentários sem roteiro e sem autor.
Eu errei passos certos, eu cai de alturas consideravelmente pequenas. Eu errei posições de sol e lua. Eu errei olhares ternos, eu ignorei abraços certos. Eu sou um erro certo, um acerto constante. Eu sou bagunça. Eu sou o pó de um ser.


Era real

Apagou-se na chuva o cigarro que me consumia.
Derretia-se na água corrente que banhava-me o rosto, o lápis preto que delineava-me os olhos cor de amendoa.
Barulhava o tênis encharcado d'água que já incomodava-me andar.
As roupas, velho jeans e camiseta preta, colavam-se em meu corpo como imã.
A rua não tinha fim, ao que me parecia, igual minha tristeza e dor.
Meus olhos embaçados, viam a luz fraca que o poster insistia em tentar clarear meus passos tropos e cansados.
Eu ansiava o fim da rua, o fim da dor. Um lugar quente, uma roupa enxuta, um abraço apertado, um chá de hortelã.
Não sei até onde andei, não sei bem onde cai, nem ao menos sei se parou de sangrar.


Domingo ainda

Eu era o bobo da corte, eu chorava e ninguém notava, as lágrimas caiam  e todos apenas viam meu chapéu colorido que ocupava o lugar de coroa.
Ainda menina, mamãe apelidou-me de Princesa, disse como deveria me comportar e agir, esqueceu ela de me falar como era a realidade pra quem era preto e branco num mundo colorido.
Eu tive que correr, que lutar e algumas vezes vencer. Aprendi que tombos ajudam a ser mais fortes e que riso é o jardim florido da alma.
E hoje, mesmo que as feridas ainda sangrem, sei que algum dia iram cicatrizar-se.


23/05/2014

Mais uma manhã de Maio

Hoje o dia amanheceu com cara de nosso, seu calor ainda me aquecia em nossa cama e eu nem ao menos estremecia. Vi seu despertar e recebi um sorriso e um carinho de bom dia. O vento batia leve na janela, pude notar que a manhã iniciava-se.
Ganhei seu beijo na testa e vi você levantar e me encolhi na cama, nosso cheiro estava grudado em cada lugar nosso. Levantei logo em seguida e vi sua silhueta ainda do outro lado da cortina.
Te encontrei na cozinha fazendo nosso café. Pegamos nossas canecas e saímos para varanda onde tínhamos a visão de nossas plantas, nossas serras, nosso verde. Sem precisar trocar uma palavra, senti-me plena, senti seu amor, senti seu sentir por mim.
E era dessa longa e generosa rotina que eu não estava nem um pouco disposta a abrir mão. Pois de meus sonhos e teus sonhos, que fazíamos nossa realidade.

Você, meu bem!

Meu bem-querer amado, por ti eu tenho mais calma, mais paz e mais vontade de melhorar meu peito que por hora dói e sangra.
Existem momentos em nossas vidas que tudo o que queremos é sumir, desistir de tudo, arriscar a cabeça por algo que tenha o dom de nos enlouquecer. 
E você é quem me enlouquece e quem me ajuda a arriscar, por ti meu ar foge e minha mente sai da razão e as palavras... Bem, elas também me fogem.


Outra vez

As estrelas no céu brilhavam e eu as olhava com medo de me perder mais uma vez, mas o clima em casa era estranho. Palavras que machucavam, palavras que faziam sangrar até a alma.
A pergunta era a mesma todos esses anos que se seguiam: Até quando?
A resposta também era e é a mesma: Eu não sei!
A saída é esperar o mais novo dia raiar.
E isso apenas dói. 

11/05/2014

Aos meus

Eu não poderia deixar de falar, de me expressar e me sentir bem ao recordar-me de pessoas, anjos de luz, anjos que me guiam e me ajudam a ficar de pé todos os dias...
A falta dum abraço, dum beijo ou daquela presença especial não abalaram tanto como há um ano atrás.
Amores eternos, amores de todas as vidas, por toda a vida inteira. Amores que um dia marcaram, que desde que chegaram deram um novo sentido.
É um amor diferente que só quem sabe, quem passou, quem viveu, entende.
Hoje, depois de tantas lágrimas, tanta saudade e tantos passos em falso devido o abandono, vejo que a vida tem um outro sentido, um sentido novo e tudo na sua hora irá acontecer. E de saudade? Bom, eu não morro mais. Aprendi a lidar e conviver, resta apenas esperar o novo dia, o novo ciclo, mas um fato sobre tudo isso é que vocês serão eternos em mim, em minha alma e meu ser. Sempre serão minha história, meu riso bobo, meu amor saudoso.


10/05/2014

Meu amigo! Meu amor!

Melhor que ter alguém como namorado, é ter nessa pessoa o melhor amigo, o irmão, é ter a pessoa mais fantástica do mundo ao seu lado.
Mas também é ter quem discorde de você, quem te grite, quem te repreenda e quem te mostre o quanto você pode estar sendo alguém leviano.
Ter essência e conteúdo num relacionamento é a base de muitas coisas. Ter também uma base pra realizar sonhos é primordial.
Hoje, acordo todos os dias tendo a certeza de que muitos dias ainda virão, tenho comigo alguém em quem posso dividir meus medos, dividir meus sonhos, dividir minhas alegrias, dividir minha vida.
Ser feliz é questão de ter fé, e fé me enche todas as manhãs.
Meu amigo é meu namorado e futuro 'eterno' amor. É alguém que respeita minhas decisões e que me aconselha quando pareço derrapar nas atitudes. É alguém que se alegra ao me ver, que rir do meu sorriso e me espera todas as noites antes de dormir. Ele me faz tão bem que eu nem sei se falo coisas certas quando tento falar que ele é meu amor. Mas de algo eu sei, eu faço ele sentir.
As vezes atitudes fazem palavras virem por água a baixo, mas nada melhor que o tempo pra mostrar as intenções por trás de um NÃO. Pedir desculpa ou perdão são coisas desnecessárias e insuficientes em determinadas situações. O melhor é abrir o jogo pro melhor amigo e ele com certeza vai te entender, e sabe o melhor? Seu amor vai entender direitinho o que você quis dizer.
Hoje, agora, depois de misturar palavras, olhar as estrelas e parecer estar drogada, eu digo que amo meu melhor amigo, meu eterno namorado.



Ao meu Wady <3


Outra vez

Ela acordou, tomou café e saiu porta a fora...
Era o novo dia com uma página em branco que ela tinha para se reescrever.
Eram novas chances devidamente dadas e ela iria aproveitar.
Ela deveria voar, tamanha era a oportunidade de sorrir.
E ela embarcou nessa, caiu de cabeça.
Adeus caminhos mal trilhados, adeus histórias mal contadas.


09-02-2014


08/05/2014

Hoje o dia...

As falas de hoje haviam sido ensaiadas, pensadas e bem elaboradas.
A alegria era companheira, a vontade de ver as horas passarem era únicas e especiais. Mas a vida tem disso, se replanejar o planejado.
E se hoje não houveram abraços, frases e carinhos esperados é pelo simples fato de não estar escrito.
E que venha amanhã, semana que vem, mês que vem... A vida vem calma após a tempestade, basta cuidar das feridas.

04/05/2014

Nem sempre há versos

Perdi o sono e te afastei um pouco de mim, peguei minha agenda e minha caneta e tentei escrever algo. Escrever sobre você, eu, nós dois... Mas nada absolutamente bonito ou rimado saia das minhas palavras.
Te olhei dormindo ao meu lado, e sorri. Não precisava palavras, letras, tons ou melodias, você era minha poesia.
Te abracei em silêncio e me aconcheguei no teu abraço, te despertei e você sorrindo me perguntou: O que há, minha senhora?
E eu respondi calmamente: Amor, meu senhor.

Meu bem

Seus olhos me falam palavras que gosto de sentir.
Seu abraço tem o calor de me elevar.
Sua paz tem o dom de me acalmar.
E é nesse ritmo que quero continuar até a noite acabar.

02/05/2014

D'cor

Na paz do sorriso
Na calma do olhar
No aconchego do colo
Na pureza do sonhar.

Os dias passam
As horas voam 
Tom de alegria torna-se mais forte.

01/05/2014

Minhas pausas de ar

-Onde mais te dói, menina?

-Em todo o meu ser, no peito, nas mãos... Nos olhos, na respiração...
Dói a solidão, o dia frio, a noite longa.
Dói o riso falso, a ligação inesperada, o caminho longo até casa.
Dói a falta de ar, o coração parando, a pele rachando.
Dói o pisar no chão, dói o grito abafado, dói ter que ficar só.
Dói a queda todos os dias mais e mais, dói o peso da lágrima que sempre cai.
Dói o peso da caneta que não me ajuda a falar das minhas dores eternas aqui ou ali, dói a boca em silêncio...
Dói tudo!

Tem dias

Há dias que tudo o que você quer é esquecer que existe, esquecer o que se passa na sua vida, em sua história.
Dias que você está querendo unicamente isolar-se e não ver ninguém.
Você está simplesmente mal e quer sumir.

 
Book e Cofee Copyright 2014 ©
Designe By
- Kris Monneska Conversas de Alcova