09/11/2014

Novos horizontes

É tão engraçado me imaginar daqui a dois meses e me ver como alguém que não é mais sozinha, nem que precisa conviver com saudade e a ausência... E eu estou feliz, com medo, feliz, me sentindo louca, feliz, inqueta, feliz, preocupada, feliz, estranha, feliz e feliz. É algo que parece não caber em mim, mas eu nem ligo. Isso deve fazer parte de mim, isso deve me deixar confiante, pois eu sei o que quero e o que quero, e a resposta é sempre a mesma: ELE.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Book e Cofee Copyright 2014 ©
Designe By
- Kris Monneska Conversas de Alcova