06/01/2016

Desabafo da madrugada

A cada dia a ideia de príncipe encantado, de castelo, de anjos e sonhos são destruídas passo a passo. Cada dia meu coração se amargura mais e mais e nele se abre a cada segundo uma cratera que não tem prazo de se findar.
Quando criança eu tinha uma ideia, que hoje vejo como tola, de família, idealizava pessoas que se amavam e confiam segredos e sonhos, mas hoje olhando a realidade vejo que sempre é cada um por si. A cada instante me decepciono mais com as pessoas, com aquelas que julgava serem amigos, parceiros e confidentes. A realidade não tem nada disso, é cada um por si e mais nada. E as decepções vão sempre se acumulando como terreno baldio que vai acumulando lixo.
Sinto que meu peito hoje só carrega dor, dor essa por confiar, por acreditar, por me achar importante pra alguém. É como numa rua estreita que só cabe eu e mais ninguém, então percebo o quanto estou só!

0 comentários:

Postar um comentário

 
Book e Cofee Copyright 2014 ©
Designe By
- Kris Monneska Conversas de Alcova