07/02/2017

Novos Ciclos

A caneca de café caiu da minha mão, se espatifou no chão como se fosse numa cena de filme, exatamente naquela hora que se recebe uma notícia ruim do outro lado da linha no telefone.
Embora os dias passem, os novos comecem e os velhos se findem, eu não sei lidar muito bem com recomeços. Sou tão nostálgica, e isso é péssimo, as vezes.
Eu, recentemente, ando querendo acreditar que fui uma pessoa ruim, prefiro acreditar nisso do que acreditar que as pessoas que tanto amei foram milimetricamente calculistas na hora de me descartar, de mudar suas páginas e me deixar no capítulo anterior. Eu ando indo dormir com a concepção de que novos horizontes são minha única escolha, porém, ainda não sei como.
Eu prefiro acreditar que preciso comprar canecas novas, reaquecer meu coração e escrever sobre amor, paz e luz. E deixar que o que tiver de acontecer venha até mim na hora exata. E se realmente fui uma péssima pessoa, que eu possa me redimir.


2 comentários:

  1. Olá Alice, tudo bem? Notei uma tristeza nesse seu post. Você é tão nova e tem uma vida toda pela frente, não se deixe abater por coisas ou pessoas pequenas. Quem está perdendo dão eles. Não desanime e novos recomeços são difíceis mas muito bons. Sempre é bom se reinventar. Força ai, amiga.
    Adorei o blog.
    bjs

    gataliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, de todo meu coração. vou seguir seus conselhos meesmo

      Excluir

 
Book e Cofee Copyright 2014 ©
Designe By
- Kris Monneska Conversas de Alcova