26/04/2017

O dia que esqueci quem era

Eu acordei como sempre, com o despertador tocando. Ele tá marcado pra tocar as seis e cinquenta há pelo menos cinco meses, e há mais de cinco meses que eu não tenho necessidade de acordar esse horário.  Levantei, me olhei no espelho e me vi estranha, com cabelo desgrenhado, a tinta que deveria ser azul estava verde, meu rosto tinha sumido mais da metade das manchinhas do melasmo, o rosto estava magro, quando terminei o banho que me sequei assustei ao ver os ossos do quadril, eu não via tinha muito tempo.
Foi então que notei que o ácido do rosto está fazendo efeito, notei que a tinta do cabelo desbotou, notei que perdi mais de quatro quilos e que nenhuma roupa mais servia direito. Notei que não me cuidava há dias, só estava no automático, e isso me assustou.
Desde o natal que eu não me arrumava, que eu não tinha mais vontade de nada. E cá pra nós, não era isso e nem é, o que eu quero. Estou tentando me achar, tentando saber se ainda sou quem eu sempre achei que era, mas bola pra frente e ver onde a vida vai me levar.

Resultado de imagem para girl triste tumblr

2 comentários:

  1. Isso foi você que escreveu? Parece muito início de livro que já consegue nos prender desde o início!
    Eu realmente adorei e você realmente conseguiu me prender neste pequeno texto. É interessante a protagonista estar tão perdida em si mesmo, ligada no automático que nem nota as mudanças em si mesma, ao posto de esquecer-se de quem si é.
    Adorei realmente o texto!
    Magia é Sonhar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é meu.. e relato real no meu atual momento rs
      obrigada e volte sempre por aqui pra ler meus textos

      Excluir

 
Book e Cofee Copyright 2014 ©
Designe By
- Kris Monneska Conversas de Alcova